Bahia,
 
Página Inicial
Perfil do Velame
Adicionar a Favoritos
JULHO AMARELO
 
Reportagens
Café das 6
Cinema
 
 
 
 

Vereador quer forçar instituição cultural a encerrar exposição
22/7/2019 às 11:47h
"A fronteira entre a crítica e a censura é muito sutil e perigosa", diz Velame sobre o vereador que quer impedir exposição com suposto “conteúdo erótico” em museu de Feira de Santana.

Clique aqui para baixar
Enviado por Da Redação - 13.7.2019 | 0h03m
#Cultura
Feira de Santana vai celebrar o Dia Mundial do Rock

Será no dia 13 de julho, a partir das 15 horas, no América Outlet em um evento beneficente com shows das bandas Lage Dor, Sofie Jell, Wesley Ribeiro, Iorigun e com a Banda Sociedade Alternativa voltando aos grandes palcos para comemorar 30 anos de Rockn Roll. A iniciativa é da Confraria do Rock FSA. A entrada será 01 kg de alimento não perecível que será destinado a três instituições da cidade - Casa da Rainha, Centro Lar Mariano e Instituto Antônio Gasparini. A data de 13/07 começou a ser celebrada no Brasil em meados dos anos 1990, quando duas rádios paulistanas dedicadas ao rock - 89 FM e 97 FM - começaram a mencionar a data em sua programação. A celebração foi amplamente aceita pelos ouvintes e, em poucos anos, passou a ser popular em todo o país.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 11.7.2019 | 10h40m
#Cultura
Circuito Cultural Belgo apresenta espetáculos com entrada gratuita

O Circuito Cultural Belgo Bekaert apresenta o espetáculo “Grão Circo” no próximo dia 13 de julho, às 16 horas, no Centro de Esportes e Artes Unificados (CEU), no bairro Cidade Nova, em Feira de Santana. Encenado pelo Núcleo de Artistas Circenses da Cia. Cuca de Teatro, o espetáculo leva para o palco a alegria e o vigor do Circo e apresenta números de grande impacto através da utilização das diversas técnicas circenses, como trapézio, monociclo, malabarismo, arame bambo, contorção e perna de pau. O espetáculo com divertidas e inovadoras propostas encanta o público de todas as idades. A peça tem duração de 50 minutos. Recomendação etária: a partir de 2 anos. No dia 27 de julho, o Circuito Cultural Belgo Bekaert apresenta “O Maior Espetáculo da Terra”, da Cia. Pé na Terra, às 16 horas, no CEU Cidade Nova. Na montagem, muitas improvisações se unem às partituras clássicas do palhaço de circo, formando um espetáculo vivo, cheio de surpresas, ideal para todas as idades. A dupla de palhaços desenvolve uma peculiar habilidade de interação e presença cênica, numa perspectiva de ser surpreendente, criar uma atmosfera de união e contribuir para gerar novas conexões humanas pautadas na generosidade, valor típico da arte do palhaço. As duas apresentações são abertas ao público, com entrada gratuita. A programação e mais informações sobre o Circuito Cultural podem ser conferidas na página www.facebook.com/programacircuitocultural 
 
 

Enviado por Da Redação - 16.6.2019 | 0h36m
#Cultura
Filme sobre sanfoneiro Bié é selecionado para festival internacional

Filme sobre sanfoneiro Bié é selecionado para festival internacional
O filme “Bié dos 8 Baixos” que conta a história do sanfoneiro feirense Francisco da Silva Sena (Bié), de 75 anos e do samba que ele comandava no Centro de Abastecimento de Feira de Santana, será exibido em um dos mais importantes festivais de documentário musical do mundo. Entre os dias 12 e 23 de junho, em diversas salas de cinema de São Paulo, será realizado o 11º Festival Internacional do Documentário Musical In-Edit e o doc dirigido por Eduarda Gama e Uyatã Rayra está entre os selecionados. O filme sobre Bié será exibido nos dias 16 (Spcine Lima Barreto – 18 horas) e 21 (Cine Matilha – 16 horas) e em streaming no Spcine Play a partir do dia 13. O Festival nasceu em Barcelona em 2003 e hoje é realizado em diversos países como Espanha, Chile, Grécia, Peru e Colômbia. No Brasil, o evento acontece desde 2009. Segundo Uyatã, o samba de roda de Bié sempre foi muito peculiar, por ser realizado com a sanfona de oito baixos e ter a utilização da zabumba, no lugar do surdo, algo incomum e extraordinário. Ele ainda enaltece o significado da manifestação popular a partir da presença das pessoas da zona rural e dos feirantes. Em abril o documentário sobre Bié dos oito baixos foi exibido na África do Sul e em Moçambique durante o projeto Circulação da Música Afrobaiana.
 
 

Enviado por Da Redação - 11.5.2019 | 1h41m
#Cultura
Projeto Teatro para Todos leva programação gratuita de teatro para Feira de Santana

O ator Frank Menezes e a Cia. Baiana de Patifaria são atrações do projeto Teatro para Todos, nos dias 18 e 19 de maio, na Praça da Kalilândia, em Feira de Santana, que leva obras do teatro baiano consagradas pelo público e pela crítica. O público feirense vai conferir a programação que traz no sábado, dia 18 de maio, às 16h30 a peça Grão Circo, do NUCCA - Núcleo Circense da Cia. Cuca de Teatro, a dupla Fanta e Pandora, da comédia A Bofetada, da Cia Baiana de Patifaria, às 18h e no domingo, dia 19 de maio, os espetáculos A Peleja de Maria Bonitinha, da Cia. Cuca de Teatro, às 16h30mim e O Corruptocom Frank Menezes, às 18h. A iniciativa foi idealizada pela Maré Produções Culturais, com realização por meio da Lei de Incentivo a Cultura do Ministério da Cidadania e patrocínio da Hapvida. Além de levar peças de teatro para a rua, o projeto oferece gratuitamente uma série de atividades de saúde, bem estar, além da realização da Feira da Sé, com a participação de mais de 20 empreendedores criativos expondo seus trabalhos. O projeto Teatro para Todos nasce do desejo de levar para a rua, espetáculos teatrais que comunicam para um amplo público, reunindo obras de diferentes estilos para alcançar crianças, jovens e adultos. Além de aproximar as pessoas da linguagem teatral, o projeto reúne serviços de saúde como medição de pressão e glicemia, bem como atividades lúdicas para crianças, práticas de atividades físicas e autocuidado. O Teatro para Todos já passou por Salvador, no Parque da Cidade e terá sua próxima parada em Camaçari, com uma nova programação. A edição Feira de Santana do projeto Teatro para Todos terá uma programação que reúne nomes fundamentais da história do humor baiano. É o caso das personagens Fanta e Pandora, da comédia A Bofetada, da Cia. Baiana de Patifaria, mais longeva montagem teatral baiana, com estreia em 1988. O público vai conferir um espetáculo com as personagens, encarnadas pelos atores Lelo Filho e Rodrigo Villa, que vão mostrar sua capacidade de improviso a partir do texto concebido pelos escritores paulistas Miguel Magno e Ricardo de Almeida. A rapidez com que os dois atores que interpretam Fanta e Pandora levam para o palco o dia-a-dia do país e do mundo, através de improvisações, fazem com que o efeito do espetáculo seja arrebatador. A relação que se estabelece com o espectador é tão empática que, quando ele menos percebe, já está em cima do palco sob a batuta das hilárias professoras.  Já Frank Menezes, que participa da série Cine Holliúdy, leva sua bem sucedida peça “O Corrupto”, que foi escrita pelo ator e que não para de ser renovada, graças ao momento atual do país. Mas não pense que no espetáculo ele fala só de política. No espetáculo, o artista encarna um professor de corrupção, que dá dicas de como atuar nos mais variados ramos: religioso, empresarial, jurídico, na comunicação e mesmo no dia a dia comum a todos. Fala dos políticos, é claro, mas fala também da corrupção perpetrada por líderes espirituais de várias religiões, da corrupção nas instituições públicas e nas empresas privadas, nos meios de comunicação e das pequenas corrupções do dia a dia, aquelas toleradas sem dores de consciência pelo cidadão comum, como estacionar na vaga de deficientes, furar fila e outras tantas “coisinhas”. A Cia. CUCA de Teatro é anfitriã do Teatro para Todos em Feira de Santana, apresentando os espetáculos Grão Circo e A peleja de Maria Bonitinha. A Cia. Cuca de Teatro é formada por artistas independentes que trabalham, desde 1998, com projetos de cunho socioeducativos e culturais, com a criação e produção de espetáculos voltados para a infância e juventude. “A Peleja de Maria Bonitinha” é um espetáculo que diverte e transmite valores importantes como o respeito às diferenças e a valorização da cultura popular.  O espetáculo conta a história da menina do sertão que se orgulha de suas raízes culturais e sabe dar valor a educação familiar, aquela que é passada de pai para filho. O espetáculo “Grão Circo” presta uma bela homenagem ao circo de todos os tempos. O espetáculo traz a alegria e o vigor de jovens artistas disseminadores da tradição circense apresentando números de grande impacto, utilizando das diversas técnicas circenses, e, a perna de pau que trará propostas divertidas e inovadoras para surpreender e encantar ao público de todas as idades.
 
 

Enviado por Da Redação - 5.4.2019 | 6h02m
#Cultura
Artistas feirenses levam projeto para África

O projeto “Circulação da Música Afro-Baiana 2019” levará o produtor cultural Uyatã Rayra e os músicos Bel da Bonita e Ravel Conceição do grupo musical Africania para África do Sul e Moçambique. A circulação internacional terá início nesta sexta-feira (5) e retorno no dia 22 de abril. Oriundos de Feira de Santana, os integrantes do projeto pretendem estabelecer um intercâmbio entre a cultura musical da Bahia e dos países visitados. Serão ministradas oficinas rítmicas de Samba de Roda do Sertão e de Forró Pé-de-Serra, além de uma palestra sobre as influências do samba nos ritmos de forró. O cronograma contará com atividades nas cidades de Pretória (África do Sul) – 8 a 10 de abril –, e Maputo (Moçambique) – 17 a 20 de abril. As ações ocorrerão no Centro Cultural Brasil-África do Sul e no Centro Cultural Brasil-Moçambique. A programação contará ainda com a exibição do documentário “Os 8 Baixos de Bié”. Com direção de Eduarda Canto e Uyatã Rayra, o filme conta a saga de Francisco Sena – músico popular de Feira de Santana que toca sanfona de oito baixos embalado pelos batuques do samba de roda. O artista promovia uma “JAM” de samba todas as segundas-feiras no Centro de Abastecimento de Feira de Santana, até ser proibido pela direção do Centro. O projeto foi aprovado na 4ª Chamada do Edital de Mobilidade de 2018 e conta com o apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. O projeto também tem o apoio cultural do programa Flotar, além do apoio institucional da Embaixada do Brasil na África do Sul e Embaixada do Brasil em Moçambique através dos seus Centros Culturais.
 
 

Enviado por Da Redação - 30.10.2018 | 5h53m
#Cultura
Exposição no Parque do Saber retrata a religiosidade do povo sertanejo

A fé sertaneja é representada na mostra “Lamentos do Sertão”, do artista visual Zé Carlos Sampaio, em exposição no Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo, iniciada em 26 de outubro e segue até 22 de novembro. São dez obras elaboradas com a técnica mista sobre tela, esculturas e instalações plásticas. O conjunto da obra tem o objetivo de retratar a religiosidade do povo sertanejo como forma de sobrevivência. Zé Carlos traz referências populares da tradição nordestina, através da arte sacra. “Quero levar as pessoas a uma visita às casas de taipa, onde na parede tem sempre um quadro do coração de Jesus e outro do Coração de Maria, como se o povo humilde do lugar intuísse ser ele o Salvador de todos, e a ela a medianeira de todas as Graças”, expressa Zé Carlos sobre a proposta do trabalho. Esta é a primeira exposição da mostra Lamentos do Sertão. O artista utiliza a técnica mista, à base de argila, barro e resina acrílica. A combinação de materiais e técnicas, resulta em um efeito de diferentes texturas. Segundo ele, substituir do uso de tintas por matérias-primas naturais, proporcionalmente diminui a quantidade produtos químicos despejados no meio ambiente, assim agredindo menos a natureza. Natural de Cruz das Almas, Zé Carlos fez morada em Feira de Santana. Desde a infância manifestava o interesse pela arte. Seu primeiro contato com os desenhos foi por meio das HQ’s – Histórias em Quadrinhos. Além de artista visual, possui formação em Moda e em Design de Interiores. Grande parte de sua obra traz referências de sua memória afetiva.
 
 

Enviado por Da Redação - 25.10.2018 | 6h00m
#Cultura
Tito Pereira lança primeiro álbum solo nesta quinta no Cuca

Tito Pereira lança primeiro álbum solo nesta quinta no Cuca
“Alegria” é o primeiro disco solo do pianista, cantor e compositor feirense Tito Pereira e será lançado nesta quinta-feira (25), a partir das 20 horas, no Teatro do Cuca (Centro Universitário de Cultura e Arte), na rua Conselheiro Franco, no centro da cidade. Esse novo trabalho conta com 10 músicas, tanto instrumentais quanto vocais, que apresentam um sofisticado repertório, que vai do clássico/erudito ao samba de roda típico da região do Recôncavo baiano e da zona rural de Feira de Santana, e também estabelece um rico diálogo de elementos jazzísticos com ritmos de essência brasileira como o baião, por exemplo. Tito Pereira tem mais de 20 anos de carreira profissional, atuando como tecladista, pianista e diretor musical freelancer em diversos projetos musicais, e dessa experiência ele apresenta ao público todas as influências que acumulou durante essa trajetória. O talentoso artista já teve a oportunidade de trabalhar com importantes nomes da música brasileira como Xangai, Waldick Soriano, Geraldo Azevedo e Dionorina, entre outros. Tito também atuou na produção da Jam na Cuca, uma das ações culturais mais importantes dos últimos anos em Feira, além de ter produzido as três edições do projeto Jazz no Mac. Este ano, pela primeira vez, Tito Pereira vai participar do conceituado festival Feira Noise. Ele fará a abertura do evento, no dia 23 de novembro, às 19 horas, no Centro de Cultura Amélio Amorim.
 
 

Enviado por Da Redação - 9.9.2018 | 18h34m
#Cultura
11º Fenatifs será lançado nesta segunda no Teatro do Cuca

A 11ª edição do Festival Nacional do Teatro Infantil de Feira de Santana (Fenatifs) será lançada nesta segunda-feira (10), a partir das 8 horas, no Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca). O evento é voltado para imprensa, comunidade artística, representantes de escolas públicas e privadas, parceiros, diretores e coordenadores dos espaços de cultura e demais interessados na vasta programação do Fenatifs.  O lançamento contará com as participações das convidadas Rosa Griô (Rio de Contas - BA) e sua famosa personagem Sá Binidita, e das professoras da Uefs, Luciene Souza e Maria Cláudia do Carmo, coordenadoras responsáveis pelo Observatório de Contação de Histórias, que apresentam a performance  “Carregando água na peneira - Uma roda que canta, conta e anuncia o que está por vir”. Essa atividade é aberta ao público.  Ainda nesta segunda será realizada das 14 às 18h, a Oficina Pedagogia Griô, ministrada por Rosa Griô, que promove uma vivência com essa metodologia e um contato com a manipulação de bonecos, além de uma roda de apresentação dos ritos do Griô, referenciando a ancestralidade, rodas de encontros com ciranda, música, brincadeira, Toré e contação de histórias.  As inscrições para essa oficina estão sendo feitas pelo site: www.ciacucadeteatro.com.br através de link especifico. O limite é de 30 vagas a serem preenchidas mediante ordem de inscrição e a doação de 1 kg de alimento não perecível é a taxa social de matrícula para essa oficina.  Todas as atividades formativas estão disponibilizadas para inscrições pelo site da Cia Cuca. O festival tem como organizadora a Cooperativa de Teatro para a Infância e Juventude da Bahia – Cia. Cuca de Teatro, com apoio institucional da Universidade Estadual de Feira de Santana através do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca).  Há duas décadas trabalhando para o público infanto-juvenil, a Cia. Cuca de Teatro é a maior responsável pela fomentação de cultura na cidade, realizando projetos de grande relevância nacional como o Domingo Tem Teatro, que festeja seus 14 anos em 2018, o Ponto de Cultura - Cultura Mais Circo, com nove anos de trajetória, de onde se originou o Nucca – Núcleo Circense da Cia Cuca de Teatro e o Fenatifs – Festival Nacional do Teatro para a Infância e Juventude que chega à sua 11ª edição apontando novos caminhos que visam movimentar, valorizar, debater e desenvolver o teatro para a infância e juventude, fazendo de Feira um polo de difusão e referência no teatro infantil no Brasil. Formado por artistas independentes que trabalham juntos desde 1998, o grupo fundou em 2006 a Cooperativa de Teatro para a Infância e Juventude da Bahia, Sociedade Civil, cultural, sem fins lucrativos, de utilidade pública, com sede em Feira de Santana.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 25.8.2018 | 6h08m
#Cultura
Espetáculo “A Peleja de Maria Bonitinha” em cartaz no Domingo Tem Teatro

Celebrando 20 anos de atividade, o grupo feirense Cia. Cuca de Teatro volta aos palcos do Domingo Tem Teatro para fechar com chave de ouro a temporada de apresentações do mês de agosto. E a atração convidada para esse domingo, dia 26/08, é o espetáculo “A peleja de Maria Bonitinha” que se apresenta às 10h30 na sala principal do teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte – CUCA. O espetáculo é indicado para o público de todas as idades e traz para o teatro a força da cultura popular ao contar a história da menina do sertão que se orgulha de suas raízes culturais e sabe dar valor a educação familiar, aquela que é passada de pai para filho. Na trama, Maria Bonitinha sai de sua terra pra fazer uma visita especial a sua amiga Joana Natureba. Na cidade, seus costumes, valores e aparência despertam a indiferença das outras crianças que rejeitam a presença da novata.  Não vai ser nada fácil, mas com a ajuda de sua amiga Joana, Maria Bonitinha vai mostrar que ser diferente também é legal. “A Peleja de Maria Bonitinha” é um espetáculo que diverte e transmite valores importantes para nossas crianças como o respeito às diferenças e a valorização da cultura popular. A Cia. Cuca de Teatro é formada por artistas independentes que trabalham, desde 1998, com teatro para a infância e juventude. Em 2006, a Companhia fundou a Cooperativa de Teatro para a Infância e Juventude da Bahia, Sociedade Civil, cultural, sem fins lucrativos, com sede e foro na cidade de Feira de Santana. Saiba mais sobre a Cia. Cuca de Teatro no site: www.ciacucadeteatro.com.br.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 20.8.2018 | 16h09m
#Cultura
Feira Coletivo apresenta “Sem sair na Rolling Stone” e bandas feirenses na Cúpula do Som

Feira Coletivo apresenta “Sem sair na Rolling Stone” e bandas feirenses na Cúpula do Som
O Feira Coletivo Cultural apresenta no próximo sábado (25), às 21 horas, na Cúpula do Som, um evento super especial que abre a programação de atividades do segundo semestre. A dupla Vitor Brauer (Lupe de Lupe) e Larissa Conforto (Ventre), que iniciou a turnê “Sem sair na Rolling Stone” em meados de julho, estará em Feira de Santana.   Dois meses na estrada, mais de 30 datas e cerca de 10 estados em quatro regiões do país. Essa é a quarta edição do projeto “Sem Sair na Rolling Stone”, de Vitor Brauer, que agora convida Larissa Conforto. Os shows têm no repertório canções da Lupe de Lupe, Ventre e Desgraça, além de músicas solo dos dois aristas.  A baterista Larissa Conforto ganhou fama ao participar da banda Ventre e também já tocou com Tiê, Thiago Pethit e Bel Baroni. Um dos representantes da chamada “Geração Perdida de Minas Gerais”, Vitor Brauer é conhecido no cenário nacional devido a sua banda Lupe de Lupe, na qual é vocalista e principal letrista.  Se apresenta na mesma noite uma das bandas mais promissoras da cena feirense, a Sons de Mercúrio. Formada em novembro de 2017, com estilo que passeia entre os violões cigano-seresteiros e o regionalismo pincelado de guitarras distorcidas.  O grupo resgata as reminiscências adormecidas de ritmos presentes em nosso folclore de forma sucinta. Rock, folk, indie e MPB são revestidos com o trabalho harmônico vocal das melodias sobrepostas, lembrando antigos cantos de rituais.  Formada em 2013, a Navelha é mais uma das atrações do evento. A banda feirense vem desenvolvendo maturidade musical através dos anos e traz como proposta um som irreverente e um show energético e dançante.  O som da Navelha tem bastante identidade, sendo influenciado pela Soul Music, Funk, Country, Ska e Rock n’ Roll. Com trabalho autoral a banda contagia o público, com suas linhas de guitarras funkeadas garantindo o melhor do rock produzido no interior baiano.
 
 

Enviado por Da Redação - 26.7.2018 | 6h33m
#Cultura
Curta gravado em Itaparica homenageia centenário do líder africano Nelson Mandela

Homenagear o centenário do líder político e Nobel da Paz, Nelson Mandela. Com este desafio, será lançado esta semana, na África do Sul, o curta-metragem Dela, do cineasta e roteirista Bernard Attal, durante o Durban International Film Festival, um dos maiores e mais antigos festivais do país. Com cenário inspirador, a ilha de Itaparica serviu de locação para o filme, que representa o Brasil no 3º BRICS Film Festival. A previsão é que o curta seja apresentado aos baianos até o final do ano. O festival apresenta cinco curtas-metragens produzidos pelos países que integram o BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).  Com o tema “Mandela”, as produções refletem sobre a singularidade como cada país-membro do BRICS se relaciona com a influência e o legado deixado por Nelson Mandela em questões como humanidade, liderança, política e cultura. A Santa Luza Filmes, chefiada pela produtora Gel Santana (A Coleção Invisível e A Finada Mãe da Madame), foi escolhida pra realizar o filme brasileiro. Escrito e dirigido por Bernard Attal, Dela conta a história de uma menina que vive com seu pai, na ilha de Itaparica, na Bahia. Ela não entende como o seu nome e os seus cabelos são constantemente zombados pelos colegas na escola em que estuda. O elenco é formado pelos atores baianos Lorena Santana, João Lima e Evelin Buchegger. Sobre o diretor – O diretor e roteirista Bernard Attal lançou seu primeiro longa-metragem em 2013, A Coleção Invisível – texto adaptado de um drama alemão dos anos 1920 para o Brasil contemporâneo – vencedor de 14 prêmios no circuito internacional dos festivais. Em 2017 lançou A Finada Mãe da Madame, comédia ambientada na Bahia dos anos 1970. Atualmente o diretor finaliza o documentário Sem Descanso, que conta a história do jovem Geovane e reflete sobre o drama da violência policial no Brasil.
 
 

Enviado por Da Redação - 25.5.2018 | 7h52m
#Cultura
Tito Pereira recebe Rogério Ferrer no projeto Jazz no MAC

O Museu de Arte Contemporânea de Feira de Santana apresenta neste sábado (26), a partir das 16h30, a terceira edição do Jazz no MAC, última deste primeiro semestre.  O cantor, compositor e pianista Tito Pereira, que já conduziu duas edições do projeto, com os convidados Borega e Rony Santini, convida agora, o multi-instrumentista, compositor e educador musical Rogério Ferrer, com seu acordeom, pro palco do MAC. Além dos ‘standarts’ do jazz mundial e brasileiro, o público vai poder apreciar novamente algumas composições de Tito Pereira que integram seu primeiro álbum solo, "Alegria", que tem lançamento previsto para o segundo semestre de 2018. A faixa título foi classificada em uma das edições no Festival da Educadora FM. O quarteto do show é formado por Tito Pereira (voz e piano), Gilmar Araújo (guitarra), Anderson Silva (baixo) e Adson Jr. (bateria).
 
 

Enviado por Da Redação - 22.5.2018 | 6h15m
#Cultura
Festival de Sanfoneiros da UEFS movimenta Feira de Santana na quarta-feira

Festival de Sanfoneiros da UEFS movimenta Feira de Santana na quarta-feira
Em sua 8ª edição, o Festival de Sanfoneiros da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) terá representantes de Coração de Maria, Alagoinhas, Santanópolis, Itaberaba, Salvador, Juazeiro do Norte, Fortaleza e Feira de Santana. Na próxima quarta-feira (23), às 19h, os 12 finalistas subirão ao palco do Auditório Central da Uefs, com o choro de suas sanfonas, para concorrer às premiações do Festival. Na noite do evento, as apresentações serão divididas em três categorias: até 8 baixos; acima de 8 baixos e infanto-juvenil. Além das perfomances dos finalistas, haverá apresentação musical do “Quarteto de Luiz”, às 17h40, com participação do Coral da Uefs, show de recepção com Dr. Edy, show de abertura com a banda Forró Nóis 3 e show de encerramento com o forrozeiro Targino Gondim. Pela tarde, também no Auditório Central, duas oficinas serão realizadas: de forró e de acordeon infantil. Confira a Relação dos Finalistas do Festival de Sanfoneiros, divulgada pelo Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), que realiza o evento em parceria com a Prefeitura Municipal de Feira de Santana e o Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA).
 
 
 

Enviado por Da Redação - 13.4.2018 | 0h57m
#Cultura
Artista feirense lança clipe nesta sexta-feira

Artista feirense lança clipe nesta sexta-feira
Uma música que celebra o “ser negro”, enaltece sua beleza, citando personalidades negras do contexto mundial, fazendo um paralelo com nomes do contexto local. Essa é apenas uma das leituras que podemos fazer ao ouvir a canção “Aos Pretos” do músico Lerry. Pronto para ser apresentado ao público nesta sexta-feira (13), o mais novo trabalho do artista -  que também é produtor musical - ganhou um videoclipe. Gravado na cidade de Feira de Santana, em parceria com a Sertão Filmes, o videoclipe evidencia a beleza e a representatividade dos mais diversos biótipos negros. “A música aborda o tema da diáspora africana, buscando fazer um paralelo entre famosos e anônimos de diversas partes do mundo, homenageando os artistas pretos atuantes da cena cultural feirense. O videoclipe busca evidenciar essa realidade”, explica Lerry, que em 2017 foi habilitado ao prêmio Caymmi de Música. O evento de lançamento do videoclipe ocorrerá na Casa Azul, um espaço coletivo de cultura, arte e cidadania, que funciona há pouco tempo na cidade. “Ficamos muito felizes por podermos ser o palco dessa apresentação de um artista tão talentoso, e da terra, quanto Lerry. O nosso espaço foi criado com esse intuito: apoiar, receber, socializar e divulgar artistas da cena feirense, das mais diversas artes, que nem sempre são conhecidos do grande público. O videoclipe de Lerry ficou muito bonito e também carrega a essência do que a gente acredita: projetos criativos, colaborativos e sustentáveis”, explica Luciana Silva, idealizadora do espaço. Quem quiser conferir o trabalho, poderá acessá-lo em todas as plataformas digitais, como Spotify, SoundCloud, além do canal do Youtube e das redes sociais do artista (@lerryoficial) e do espaço (@acasa_azul), a partir das 21:00h do próximo dia 13/04.
 
 

Enviado por Da Redação - 20.3.2018 | 10h01m
#Cultura
Osvaldo Ventura lança romance em abril

A vida de um jovem político de formação moral e ética exemplares, que não resiste aos apelos do poder e à compulsão de acumular bens materiais por meio do exercício da política é o enredo central do romance “Bravo, Excelência” que será lançado em Feira de Santana, no dia 05 de abril. Escrito por Osvaldo Ventura, o livro fala sobre corrupção, um dos temas mais abordados na atualidade. Advogado e membro da Academia Feirense de Letras, o autor é também ex-vereador de Feira de Santana. “Usando bastante os recursos do flashback, a narrativa do enredo central é conduzida  de forma coerente e segura e, em episódios paralelos, discute questões que atormentam o mundo moderno, tais como o uso e a repressão aos narcóticos, a vida dos idosos, a prepotência e o arbítrio resultantes do poder político-econômico e  a prática da medicina nas pequenas cidades do país”, conta o escritor. O lançamento do título acontece no Hotel Íbis, a partir das 19h.
 
 
 
 


 
 
 

 

 

 

 

 

 
2019
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2018
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2017
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2016
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2015
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2014
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2013
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2012
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2011
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2010
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2009
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2008
Dez | Nov |
 
 
 
A Tarde
Abordagem Policial
Acorda Cidade
Agora na Bahia
Agravo
Alô Alô Bahia
Bahia Já
Bahia Notícias
Bahia.ba
Barbarella Moderna
Bebi Esse
Bicho do Tomba
Blog Daniele Barreto
Blog de Mário Kertész
Blog do Gusmão
Blog do Jair Onofre
Bocão News
Bom dia Feira
Calila Notícias
Carlos Geilson
Central de Polícia
Cláudio Humberto
Congresso em Foco
Correio da Bahia
Correio Feirense
Edson Borges
Eduardo Leite
Em Busca do Sim
Feirenses
Folha do Estado
Generación Y
Improbabilidade Infinita
Josias de Souza
Klube do Rafa
Luiz Felipe Pondé
O Protagonista - Augusto F.
Observatório da Blogosfera
Opinião e Política
Pimenta na Muqueca
Polícia é Viola
Política Livre
Por Escrito
Por Simas
Portal Bk2
Reginaldo Tracajá
Ricardo Noblat
Sala de Notícia
Segurança em Foco
Sid Caricaturas
Tabuleiro da Maria
Terra de Lucas
Tribuna da Bahia
Tribuna Feirense
TV Geral
Valter Vieira
Viva Feira
Vladimir Aras
   
 
 
 
Perfil   Arquivo   Contato   Anuncie   Webmail
Assine o RSS
  Copyright © 2019 Blog do Velame. All rights reserved. by Tacitus Tecnologia  
Página Inicial