Bahia,
 
Página Inicial
Perfil do Velame
Adicionar a Favoritos
DIA D
 
Reportagens
Café das 6
Cinema
 
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 25.6.2018 | 20h22m
#Foguetinho
Pós-São João sem deputados

O deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) divulgou um video nas redes sociais lamentando o fato de apenas cinco parlamentares comparecerem a sessão da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta segunda-feira (25). Geilson disse que enfrentou engarrafementos para conseguir chegar na Casa, mas que para representar os eleitores de forma digna se fez presente na sessão para prestar conta do mandato. Dos representantes de Feira de Santana, o tucano foi o único que parece ter se recuperado bem das festanças de São João, afinal nenhum outro apareceu no plenário.   

 

 
 
 

Enviado por Da Redação - 25.6.2018 | 20h17m
#Câmara de Feira
Câmara cria a Frente Parlamentar de Desenvolvimento da Região Metropolitana

Nesta segunda-feira (25), foi aprovado pela Câmara Municipal de Feira de Santana, em discussão única e por unanimidade dos presentes, o Projeto de Resolução de nº 709/2018, de autoria do vereador Isaías de Diogo (PSC), que cria a Frente Parlamentar Mista de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Feira de Santana.  Segundo o projeto,a Frente Parlamentar tem como finalidades: “procurar, de modo continuo, o aperfeiçoamento da legislação referente à Região Metropolitana de Feira de Santana, influindo no processo legislativo a partir das comissões temáticas da Câmara Municipal de Feira de Santana, em especial as Comissões de Obras, Urbanismo e lnfraestrutura Municipal e de Constituição, Justiça e Redação; e conhecer e auxiliar na divulgação de novos métodos e processo que fomentem a economia das cidades que compõem a Região Metropolitana de Feira de Santana”.
 
 
 

Enviado por Agência Senado - 25.6.2018 | 10h03m
#Brasília
Senador analisa aumento da potência das rádios comunitárias

O Plenário do Senado vai analisar o projeto que amplia o alcance das rádios comunitárias. Segundo o autor do PLS 513/2017, senador Hélio José (Pros-DF), a proposta corrige a lei que regulamenta as rádios comunitárias no país, em vigor desde 1998. Na semana passada, foi aprovada a urgência para dois projetos de decreto legislativo (PDS 57/2018 e PDS 59/2018) que têm o objetivo de sustar o decreto que mudou a tributação de concentrados de refrigerantes. O Decreto 9.394, de 2018 foi editado pelo governo federal como parte do pacote tributário apresentado para compensar a redução de R$ 0,46 centavos no preço do diesel após a greve dos caminhoneiros. Segundo a bancada do Amazonas, a mudança compromete a Zona Franca de Manaus, que fabrica os concentrados de refrigerantes. O Plenário pode concluir também a votação do projeto que obriga a publicação do nome dos beneficiados por renúncia fiscal (PLS 188/2014). 
 
 

Enviado por Agência Câmara - 25.6.2018 | 9h57m
#Brasília
Proposta obriga assistência a trabalhador analfabeto durante demissão

A Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados aprovou proposta que obriga a assistência a empregado analfabeto no ato de demissão ou de rescisão do contrato de trabalho. O objetivo é que o empregado receba orientações sobre a existência e a regularidade de vários documentos necessários para a realização do ato. Pelo texto, esse auxílio deverá ser prestado pelo sindicato, por autoridade do Ministério do Trabalho ou, na ausência desses, por representante do Ministério Público, da Defensoria Pública ou por juiz de paz. Sem a assistência, o ato não será considerado válido. A medida constava na Sugestão 153/18 de autoria do Sindicato dos Trabalhadores de Serviços Gerais Onshore e Offshore de Macaé, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Conceição de Macabu, Quissamã e Carapebus (RJ). Com a aprovação no colegiado, a proposta foi transformada no Projeto de Lei (PL) 10467/18 que insere a nova regra na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Antes da reforma trabalhista (Lei nº 13.467/17), a CLT previa a assistência do sindicato ou de autoridade do Ministério do Trabalho como requisito de validade da rescisão contratual, no caso de empregados com mais de um ano de serviço. Com as alterações na legislação, empregado e empregador estarão desobrigados da homologação junto ao sindicato, podendo acordar em formalizar o desligamento na própria empresa, independentemente do tempo de serviço do empregado. Relator na comissão, o deputado Felipe Bornier (Pros-RJ) defendeu a proposta, mas fez uma alteração para retirar a obrigatoriedade de assistência a trabalhadores maiores de 60 anos, que estava prevista na versão original. “O corte por idade não é equiparado ao analfabetismo. Ao contrário, a idade favorece o trabalhador, pois lhe acrescenta conhecimento de vida e experiência, favorece a maturidade intelectual e emocional, além de consolidar sua inserção social e rede de relacionamentos”, justificou Bornier.
 
 

Enviado por Da Redação - 23.6.2018 | 17h45m
#Luto
Prefeito Colbert Martins participa das últimas homenagens a Waldir Pires

O corpo do ex-governador baiano Waldir Pires, que faleceu na manhã desta sexta-feira, 22, em Salvador, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória, no Hospital da Bahia, foi velado no Mosteiro de São Bento, neste sábado, 23. Waldir Pires tinha 91 anos e a sua trajetória política, pontuada de várias cargos públicos importantes, como ministro de Estado e Procurador-Geral da República, foi marcada pela sua resistência democrática ao Regime Militar. Durante o velório, o ex-politico recebeu as homenagens póstumas de várias instituições públicas, como as Forças Armadas, partidos políticos, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de autoridades políticas como o ex-governador Roberto Santos. Acompanhado do ex-deputado e ex-secretario municipal do Meio Ambiente, Sérgio Carneiro, o prefeito Colbert Martins Filho extenou os sentimentos dos feirenses aos familiares do ex-governador. Nascido em Aracatiba em 1926, aos 24, em 1950, após concluir o curso de Direito, em Salvador, foi secretário de Estado do Governo Régis Pacheco. Elegeu-se deputado estadual, em 1954, durante o Governo Antônio Balbino. Em 1958 elegeu-se deputado federal e foi vice-líder do Governo do presidente Juscelino Kubitschek. Em 1963 assumiu o cargo de Consultor-Geral do Governo do presidente João Goulart. Cassado e perseguido pelo Regime Militar, em 1964 viveu em exílio na França e no Uruguai. Regressou ao Brasil em 1970 e ajudou a fundar o Partido do Movimento Democrático Brasileiro, o PMDB. Em 1985 foi ministro da Previdência Social, no Governo do presidente Tancredo Neves. Em 1986 foi eleito governador da Bahia, nas primeiras eleições diretas para governador, após o Regime Militar. Em 2006, a convite do presidente Luis Inácio Lula da Silva, assumiu o Ministério da Defesa. Foi eleito vereador de Salvador, aos 85 anos, em 2012.   O pré-candidato ao governo do Estado pelo Democratas, José Ronaldo, lamentou a morte do ex-governador e ex-ministro Waldir Pires, lembrando sua história política e sua capacidade de diálogo. “Lamento profundamente a morte de Waldir Pires e deixo meus sentimentos para sua família. Ele sempre foi um homem de diálogo e luta pela Bahia. Independente de partidos, merece todo nosso respeito”.
 
 

Enviado por Da Redação - 22.6.2018 | 20h48m
#Luto
Prefeito decreta luto oficial de três dias pela morte de Waldir

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, está decretando luto oficial de três dias no município, pela morte do ex-governador da Bahia, ex-ministro e ex-deputado federal Waldir Pires, ocorrida nesta sexta-feira, 22. A publicação do ato será feita na edição deste sábado do Diário Oficial Municipal Eletrônico. Waldir, de 91 anos de idade, estava internado em um hospital de Salvador, com uma crise de pneumonia. Seu último mandato popular foi de vereador na capital. Uma das personalidades mais atuantes no processo da redemocratização do país, o ex-governador foi muito próximo do pai do prefeito, o também ex-prefeito e ex-deputado Colbert Martins. "Waldir foi um homem público singular, admirado por todos, respeitado pelos adversários. Em Feira de Santana ele sempre foi bastante querido pelo que representou para o Brasil", declarou o prefeito Colbert Filho. Ele aguarda informações referentes aos funerais, anunciando que comparecerá ao sepultamento ou mesmo cerimônia de cremação, caso está seja a opção da família.
 
 

Enviado por Agência Senado - 21.6.2018 | 14h35m
#Brasília
Bolsistas de escolas beneficentes poderão ter cota em universidades públicas

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou essa semana a proposta que inclui alunos bolsistas de escolas beneficentes de assistência social entre os que têm direito a reserva de vagas em universidades públicas (PLS 197/2018). O projeto, do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), recebeu parecer favorável da senadora Lídice da Mata (PSB-BA) e segue para a análise da Comissão de Educação, Cultura e Esportes (CE). A Lei de Cotas (Lei nº 12.711/2012) determina que metade das vagas de universidades federais seja reservada a alunos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas. Para o senador Paulo Paim (PT-RS), a inciativa aprovada pela CDH beneficia estudantes de renda mais baixa. — O projeto é procedente, os beneficiários dessa bolsa também são estudantes de família de renda mais baixa. São pessoas carentes que merecem aqui o nosso apoio legal.
 
 

Enviado por Da Redação - 21.6.2018 | 14h34m
#Feira de Santana
Sanfoneira Lucy Alves reduz cachê e volta para a grade do São João

Sanfoneira Lucy Alves reduz cachê e volta para a grade do São João
Após a Prefeitura de Feira de Santana anunciar  o cancelamento do show, a produção da sanfoneira Lucy Alves decidiu atender a exigência da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer do Município, reduzindo o valor do cachê de sua apresentação no São João de São José, maior festa junina da região, realizada  no distrito Maria Quitéria. O problema com a contratação da sanfoneira ocorreu porque dias atrás a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, em seu trabalho de pesquisa, descobriu que ela se apresentará em Itaberaba, a cerca de 200 km de Feira de Santana, pelo cachê de R$ 75 mil, e em Santa Terezinha, a 100 km de distância, por R$ 60 mil, enquanto o show de Feira de Santana custaria R$ 110 mil. A Secretaria tentou renegociar o valor, mas houve resistência da produção da cantora. Então, nesta sexta-feira, o secretário Edson Borges chegou a anunciar o cancelamento da apresentação. Mas no início da noite a produção de Lucy Alves informou a Prefeitura que reduziria para R$ 80 mil, valor compatível com o cobrado em outras apresentações. Está mantido, portanto, o show da forrozeira no dia 23, sábado, véspera do São João, no palco principal do centro da festa, em Maria Quitéria, não mais sendo necessária a substituição pela banda Arreio de Ouro.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 21.6.2018 | 14h24m
#Câmara de Feira
Código Municipal de Meio Ambiente é tema de Audiência Pública

A Câmara Municipal de Feira de Santana reuniu, na manhã desta quinta-feira (21), autoridades políticas, ambientalistas e representantes da sociedade civil para discutir o Código Municipal de Meio Ambiente durante Audiência Pública realizada em atendimento à solicitação da Comissão Especial da Casa, composta pelos vereadores Antônio Carlos Passos Ataíde (DEM), Cadmiel Pereira (PSC), Eremita Mota (PSDB), Gerusa Sampaio (DEM) e Edvaldo Lima (PP). O relator da Comissão Especial, vereador Cadmiel Pereira (PSC), ao agradecer à Casa pela realização da Audiência Pública destacou a importância de discutir o Código Municipal de Meio Ambiente, bem como as demais leis que visam a garantia do desenvolvimento do município. “Esta Comissão é formada conforme determinação do Regimento Interno da Casa para discutir as Leis do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU); Lei de Uso e Ocupação do Solo (LOUOS); Código Municipal  de Obras e Código Municipal do Meio Ambiente. Essas Leis versam sobre o desenvolvimento de Feira de Santana. Sugerimos a criação de um canal para possibilitar a participação da sociedade com a apresentação de emendas que possa incrementar os projetos apresentados pelo Executivo para apreciação do Legislativo”, explicou. O secretário municipal de Planejamento, Carlos Brito, que compareceu à sessão representando o prefeito municipal Colbert Martins Filho, parabenizou a Casa pela realização da Audiência Pública. “Hoje temos um marco na história política de Feira de Santana. A construção do Plano de Desenvolvimento Urbano vem passando udade.m processo complexo de construção, mas a participação popular é salutar. Com certeza, essa Casa marcará esse momento histórico com a votação dessas Leis. Ao usar a tribuna, o vereador Roberto Tourinho (PV) lamentou algumas dificuldades enfrentadas pelo município no quesito meio ambiente e revelou expectativas positivas com a aprovação do Código Municipal de Meio Ambiente, sugerindo a mudança estrutural da pastora gestora após execução das diretrizes. “Feira de Santana enfrenta dificuldades, o município não possui liberdade em algumas áreas. A legislação ainda não está adequada. O Código do Meio Ambiente e a Lei de Uso e Ocupação do Solo têm que andar juntas. Acredito que de hoje em diante haverá mudanças”, destacou. O diretor de Formação e Capacitação da Associação Brasileira dos Técnicos de Segurança do Trabalho, Sergio Aras, chamou a atenção da sociedade para a necessidade de resgate das condições ambientais, perdidas ao longo do tempo. “Nós precisamos rever nossas condições ambientais de 181 anos atrás e trazer de volta os tropeiros para o século 21, oferecendo a eles, novamente, sombra e água fresca. Em agosto teremos em Feira de Santana 15 países representados no 3º Congresso de Desastre de Massa, um evento de grande importância para discutirmos questões ambientais”, afirmou. O vereador Edvaldo Lima (PP) revelou sua preocupação com o tráfego de transporte de cargas perigosas no município de Feira de Santana. “Nesta Casa me preocupei com o Meio Ambiente, apresentando Projeto de Lei para disciplinar o descarte de lixo eletrônico em nossa cidade. Mas, com relação ao transporte de cargas perigosas, que oferece muitos riscos à população, o que tem sido feito? É papel da sociedade civil organizada e das autoridades públicas defender o meio ambiente”, refletiu. O representante da Fundação Politécnica, Claudio Mascarenha, ao parabenizar a Casa pela promoção da Audiência para discussão das diretrizes que compõem o Código Municipal de Meio Ambiente e apresentou dados constantes no relatório elaborado pela instituição com ações realizadas, resultados obtidos, sugestões recebidas, dentre outros. Mascarenhas destacou o papel e atuação do Projeto Integra Feira na atualização das leis do PDDU. “O município precisa estar integrado com os demais e ampliar o diálogo com o Estado, É importante discutir com a comunidade e as instituições responsáveis a formulação do Código Municipal de Meio Ambiente”, reforçou.
 
 

Enviado por Da Redação - 20.6.2018 | 20h17m
#Câmara de Feira
Vereador pede que prefeitura cumpra acordo feito com professores

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta quarta-feira (20), na Câmara Municipal, o vereador Roberto Tourinho (PV) cumprimentou os professores da rede municipal de ensino presentes nas galerias da Câmara e lembrou que o acordo feito entre a categoria e o Município deve ser cumprido.  O edil relatou que solicitou da professora Marlede, diretora da APLB, as reivindicações feitas na tribuna da Casa. “Sou de um partido que compõe a base de apoio ao prefeito, mas tenho o discernimento de diferenciar aliado de alienado, tenho opinião própria. Ela me entregou um ofício da secretária Municipal de Educação, que assinou juntamente com a APLB um acordo no dia 05 de abril de 2017, que dava fim a uma greve que acontecia no momento”, relatou. E continuou. “E, os professores estão aqui para dizer que boa parte do acordo firmado não foi cumprida. Quando isso acontece se busca o seu cumprimento. No ofício assinado ficou determinado que com o encerramento da greve o Governo garantiria alguns pedidos da categoria, a exemplo do reajuste salarial, carga horária, gratificação e mais. Na oportunidade, o Governo apresentou uma proposta que foi aceita pelos professores, porém não cumprida’, afirmou. Tourinho lembrou mais que, o não cumprimento do acordo deve gerar cobrança, independentemente de quem esteja à frente do Executivo. “Se no Governo passado era outro prefeito não interessa, pois o acordo foi feito pelo Município e precisa ser cumprido. Estou defendendo o que deve ser defendido: acordo é para ser cumprido, se não aconteceu que haja diálogo e busque dizer os motivos pelos quais não foi cumprido. O que não se pode é empurrar com a barriga e dá uma de João se braço”, pontuou. O edil afirmou que o prefeito Colbert Martins tem a história política pautada em manifestações e espera que ele tenha outra visão acerca deste tema. “Espero que ele converse. Os professores podem contar com meu apoio, pois é um acordo que deve ser cumprido”, findou.  
 
 
 

Enviado por Da Redação - 20.6.2018 | 20h00m
#Feira de Santana
Por divergência de cachê, Prefeitura cancela show de Lucy Alves e contrata Arreio de Ouro

A banda Arreio de  Ouro (foto) acaba de ser contratada para tocar no São João de São José, grande festa junina da região, promovida no distrito Maria Quitéria pela Prefeitura de Feira de Santana. Esta atração substituirá a sanfoneira Lucy Alves, na programação do dia 23. O show dela foi cancelado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel)  porque o cachê cobrado estava cerca de R$ 50 mil a mais em relação a suas  apresentações em outras cidades próximas. A Secretaria tentou renegociar o valor, mas houve resistência da produção da cantora. O show de Lucy Alves em Feira foi anunciado há cerca de um mês,  quando o prefeito Colbert Martins Filho divulgou a programação do São João, no valor de R$ 110 mil. Acontece que na última sexta-feira a Secel descobriu que a forrozeira se apresentará em Itaberaba, a cerca de 200 km, por R$ 75 mil, e em Santa Terezinha, a 100 km, por R$ 60 mil. “Não há justificativa para que uma mesma atração se apresente num mesmo evento, em três cidades próximas, com cachês tão diferentes. Lamentamos muito o cancelamento, pois Lucy Alves é uma grande atração, mas em primeiro lugar está o cuidado com o dinheiro público”, afirma o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Felloni Borges.  A secretaria encontrou muitas dificuldades para afazer a substituição às vésperas dos festejos juninos, mas conseguiu a contratação de Arreio de Ouro, outra grande atração, de muito sucesso em Feira em todo o Nordeste, por R$ 75 mil.
 
 

Enviado por Da Redação - 20.6.2018 | 7h59m
#Câmara de Feira
Vereador sugere implantação de subprefeituras nos distritos

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta terça-feira (19), na Câmara Municipal, o vereador Edvaldo Lima (PP) informou que dará entrada em uma indicação que solicita a implantação de subprefeituras nos distritos de Feira de Santana. “No dia 17 de setembro de 2015 dei entrada em uma indicação que solicitava do prefeito José Ronaldo, a implantação de subprefeituras em todos os distritos de Feira de Santana, pois hoje não tem mais como o gestor público estar em todos os lugares ao mesmo tempo, por conta da grandeza do Município. São 700 mil habitantes em Feira e mais os moradores dos distritos”, pontuou Edvaldo. O edil afirmou que dará entrada na indicação novamente e espera que o prefeito Colbert atenda. “Essa indicação foi motivada pelas reclamações das pessoas que moram mais distantes. Segundo eles, quando queima uma lâmpada, eles precisam se deslocar à sede do Município para fazer a reclamação. Estarei dando entrada novamente na indicação e, se o Governo assim entender, pode implantar as subprefeituras dando estrutura adequada aos administradores dos distritos”, afirmou.  
 
 

Enviado por Da Redação - 19.6.2018 | 23h03m
#Câmara de Feira
Petista diz que obras do BRT estão completamente paradas

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta terça-feira (19), na Câmara Municipal, o edil Alberto Nery (PT) relatou sobre a visita feita às obras do BRT em Feira de Santana. “Ontem a Comissão de Infraestrutura desta Casa, juntamente com o líder do Governo na Casa, vereador Lulinha, visitamos as obras do BRT e constatamos que elas estão paradas. Estivemos no terminal do bairro Pampalona, onde não tem ninguém trabalhando. Fomos na Avenida Nóide Cerqueira, lá não conseguimos nem localizar a área que está sendo proposta a construção de um terminal. Em seguida fomos para a Avenida Ayrton Sena, que existem algumas caçambas de entulho, mas ninguém trabalhando. Ou seja, são obras completamente paradas”, informou Nery. O petista relatou mais que visitaram os terminais já construídos nas avenidas João Durval e Getúlio Vargas. “Constatamos que a altura do equipamento não condiz com a altura dos ônibus que irão operar o sistema. O próximo passo da Comissão é marcar audiência com o secretario de Administração, para que ele explique o andamento da obra e esclareça se realmente em dezembro esta obra será inaugurada”, disse. Em aparte, o vice-líder do Governo na Casa, vereador Carlito do Peixe (DEM) reconheceu que apenas o secretário de Planejamento pode esclarecer dúvidas em relação à altura do equipamento e dos ônibus que operarão no sistema.  Em resposta, Nery se colocou à disposição para convidar especialistas no assunto para levar esclarecimentos à Casa. “Estivemos em várias cidades que têm o BRT e os veículos que operam são diferentes. Nem os ônibus urbanos conseguirão operar nele da forma que está”, garantiu.  
 
 

Enviado por Da Redação - 19.6.2018 | 5h33m
#Feira de Santana
Liminar suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado

Liminar suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado
Uma liminar expedida pelo Juiz Roque Ruy Barbosa, titular da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Feira de Santana, suspendeu as apreensões de veículos através de blitz do IPVA realizadas pelo Detran, em Feira de Santana. A Ação Civil Pública foi apresentada no dia 6 de junho pelo vereador João Bililiu (PPS), que também é coautor. A decisão foi encaminhada para o Diário de Justiça da Bahia na noite ontem (18) e relata que a cobrança do IPVA vem sendo feita de forma conjunta com multas e licenciamento, tornando assim, um ato lesivo ao cidadão. Em outro trecho, o juiz ressalta que “a conduta do Governo do Estado de apreender veículos por motivo de débitos tributários ou de multas de trânsito viola direito fundamental do contribuinte, devendo, portanto, ser combatida”. Para o vereador João Bililiu, as apreensões que estavam sendo realizadas tinham exclusivamente a intenção de obrigar aos motoristas que efetuassem o pagamento dos tributos de forma arbitrária e ilegal. “Existem relatos de condutores que tomaram dinheiro emprestado e pagaram os débitos, tendo o veículo liberado antes que a blitz terminasse. Bastava apresentar o comprovante bancário. Isso é inadmissível”, reclama. Ainda de acordo com o vereador, o objetivo da ação foi defender os direitos dos cidadãos que vinham sofrendo com as cobranças indevidas. “Geralmente esses veículos são instrumentos de trabalho desses cidadãos e quando entravam nos pátios, apreendidos, as taxas viravam uma bola de neve com as diárias cobradas pelas empresas que administram os pátios”.
 
 

Enviado por Da Redação - 19.6.2018 | 4h35m
#Feira de Santana
Prefeito Colbert cobra ação do Estado contra a violência

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, esteve nesta segunda-feira, 18, em Salvador, com o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa. Na ocasião, apelou ao secretário por “mais esforços” visando o combate à violência em Feira de Santana, cidade que contabilizou 18 pessoas mortas a tiros no fim de semana. “Estou manifestando às autoridades da área de segurança, como prefeito da cidade, a minha preocupação. Temos números absurdos de homicídios em Feira, maior do que de algumas regiões em guerra”, disse ele. Colbert vai manter contato também com o governador do Estado, Rui Costa, e com o ministro da Segurança, Raul Julgman. Maurício Barbosa disse ao prefeito que a cúpula da segurança pública na Bahia se encontra em Feira de Santana trabalhando, em virtude da violência dos últimos dias: comando da Polícia Militar, Delegado-Chefe da Polícia Civil e o diretor do Departamento de Polícia Técnica. Ao programa de rádio “Acorda Cidade” o prefeito disse, pela manhã, que é preciso entender que “a violência e o medo são os piores crimes que se comete contra uma cidade”. E reiterou que a responsabilidade da segurança pública é do governo do estado. As prefeituras, observa Colbert, não podem atacar frontalmente a violência nas cidades. “Só podem contribuir com ações complementares, preventivas”.  Lembrou que nos últimos 12 anos o Governo do Estado não construiu escolas em Feira de Santana. “A gente sabe que aluno na escola evita a violência. Faltam ações específicas, sociais e circunstanciais, que devem ser desenvolvidas”, assinalou o prefeito, na mesma entrevista.
 
 
 
 


 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
2018
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2017
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2016
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2015
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2014
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2013
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2012
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2011
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2010
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2009
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2008
Dez | Nov |
 
 
 
A Tarde
Abordagem Policial
Acorda Cidade
Agora na Bahia
Agravo
Bahia Já
Bahia Notícias
Bahia.ba
Barbarella Moderna
Bebi Esse
Bicho do Tomba
Blog Daniele Barreto
Blog de Mário Kertész
Blog do Gusmão
Blog do Jair Onofre
Blog do Kuelho
Bocão News
Bom dia Feira
Calila Notícias
Carlos Geilson
Central de Polícia
Cláudio Humberto
Congresso em Foco
Correio da Bahia
Correio Feirense
Edson Borges
Eduardo Leite
Em Busca do Sim
Feirenses
Fernando Torres
Folha do Estado
Generación Y
Improbabilidade Infinita
Jeitosa
Josias de Souza
Klube do Rafa
Luiz Felipe Pondé
Observatório da Blogosfera
Opinião e Política
Pimenta na Muqueca
Polícia é Viola
Política Livre
Por Escrito
Por Simas
Reginaldo Tracajá
Reinaldo Azevedo
Ricardo Noblat
Sala de Notícia
Segurança em Foco
Sid Caricaturas
Tabuleiro da Maria
Tribuna da Bahia
Tribuna Feirense
TV Geral
Valter Vieira
Viva Feira
Vladimir Aras
   
 
 
 
Perfil   Arquivo   Contato   Anuncie   Webmail
Assine o RSS
This year, Patek Philippe launched its swiss replica watches new AQUANAUT series chronograph watch, which rolex replica watches uses a very eye-catching orange color. It is used on replica watches sale hands, scales and straps. It also makes the "grenade" belonging to uk rolex replica sports watches more youthful.
  Copyright © 2018 Blog do Velame. All rights reserved. by Tacitus Tecnologia  
Página Inicial